Publicidade


A Coluna

SEM MEDO DA MORTE


Gilberto de Sousa


Ontem, em razão do Dia de Finados, os noticiários, a exemplo do que acontece todos os anos nesse período, repercutiram em suas pautas o sentido da vida e da morte, na visão das diversas religiões e credos. Embora cada qual defenda uma linha de pensamento espiritual, todos buscam um ser superior, um sentido para a fé e para o temor, até como uma espécie de freio na linha da obediência a esses preceitos. Seria, também, um modo de viver melhor e de conquistar um bom lugar quando que tiver de partir para uma nova esfera.

Aprendi desde criancinha que futebol, política e religião não se discutem devido a esse tripé, na maioria das vezes ter sempre como suporte maior o sectarismo e a necessidade de se semear a tentativa do convencimento infindável de assistentes comuns.

Mas salvo as proporções naturais, conseguimos encontrar, sim, muitas respostas em meio a esse emaranhado de crenças antes, no meu caso, de optar pelo misticismo.

Navegando com o tempo nessa literatura, um dia me deparei com um artigo, entre velhas revistas Seleções, cujo autor, um desses espiritualistas, eu já não me recordo o seu nome, que de certo modo me fez atenuar a minha expectativa negativa em relação à morte.

Para defender o seu pensamento, ele parte literalmente do princípio, do ventre. E acentua. Quando estávamos no ventre de nossas mães, lugar aconchegante, se alimentando sem muito esforço, tênue, jamais desejaríamos deixar esse mundo por melhores que fossem as promessas de uma vida melhor. No entanto, cumprido um ciclo de vida, chega a hora da partida. Saímos chorando sem querer desvencilhar.

Eis que ao chegarmos com o nascimento, vemos que estamos sendo recebidos com festas, um pai, uma mãe e uma dezena de pessoas a nos paparicar e dar luz a essa boa chegada. Já confortavelmente na nova vida, em pouco tempo, se nos perguntassem se desejamos retornar ao ciclo anterior, já não nos recordamos de mais nada e, a partir de agora, é ali que queremos permanecer. Ou melhor, é aqui, nesse mundo de felicidade, angústias, justiça e injustiça...

O tempo passa, a vida se processa com todas as alegrias a agruras que são reservadas aos viventes. E novamente chega a hora da partida. E quem nos garante que desta para outra, independentemente de pecados ou não, não seremos recebidos também em grande estilo e já desejando ficar nesse outro plano, sem nem mais se lembrar das vidas passadas?


------------------------------------


As informações são efervescentes em torno da possibilidade de ser formatada uma composição entre as chapas de oposição que estão em campanha à regional da Ordem dos Advogados do Brasil(OAB). Incentivadores das chapas encabeçadas pela advogada Lúcia Jales, de um lado e o advogado Josaniel Fonseca, de outra, tem sugerindo a junção para enfrentar o atual presidente da Ordem no Rio Grande do Norte, Paulo Eduardo, que busca a reeleição. As campanhas se partidarizam e a proporção em que o tempo vai passando, o acirramento parece ser inevitável. Os três candidatos estão em campo, brigando por cada voto tendo como alvo principal os novos advogados, que certamente vão fazer a diferença nas urnas. Atualmente, Paulo Eduardo apresenta vantagem conforme as sondagens reveladas até então, mas como a política é dinâmica e o confronto se afunila, uma composição da oposição agora não deixa de ser um fato novo, que poderá ser determinante. É aguardar.


MUDANÇA

O ex-senador Geraldo Melo poderá desistir de sair candidato a deputado federal e lançar sua mulher, a ex-prefeita de Ceárá-Mirim, Edinólia Melo a uma vaga na Assembleia Legislativa. Mas como o tempo é de conversas, não há nada decidido.


PEGANDO GÁS

Enquanto isso, pega gás a pretensão do vereador Paulo Wagner entrar na briga de gigantes pelo Senado. As pesquisas têm indicado que ele poderá entrar no páreo em posição de disputa. E ele e o Partido Verde sabem que não há nada a perder.


LEIA MAIS CIRCULANDO EM OFF – GAZETA DO OESTE) 01.11.09

Um comentário

Anônimo disse...

Oi Painho, muito legal seu blog. Meus parabéns por mais esse projeto que será, com certeza, um grande sucesso ;] vou estar sempre aqui lendo e dando minhas opiniões. Sou sua fã número 1 de carteirinha e coração, voce sabe.
Um beijo bem grande, te amo muito.
Liginha