Publicidade


A Coluna

NORDESTINÊS


(Enviado por Maria Sedima Lima Marciano)

Nordestino não fica solteiro, ele fica solto na bagaceira!

Nordestino não vai com sede ao pote, ele vai com a bexiga lixa!

Nordestino não vai embora, ele pega o beco!

Nordestino não diz 'concordo com você', Ele diz: Né issssso, homi!!!!

Nordestino não conserta, ele imenda!

Nordestino quando se empolga, fica com a mulesta !

Nordestino não bate, ele 'senta-le' a mãozada!

Nordestino não sai pra azarar garotas... ele sai pra quengar!

Nordestino não bebe um drink, ele toma uma!

Nordestino não é sortudo, ele é cagado!

Nordestino não corre, ele dá uma carreira!

Nordestino não critica os outros, ele manga!

Nordestino não conversa, ele resenha!

Nordestino não toma água com açúcar, ele toma garapa!

Nordestino não engana, ele dá um migué!

Nordestino não percebe, ele dá fé!

Nordestino não sai apressado, ele sai desembestado!

Nordestino não aperta, ele arroxa!

Nordestino não dá volta, ele arrudeia!

Nordestino não espera um minuto, ele espera um pedacinho!

Nordestino não é distraído, ele é avoado!

Nordestino quando está irritado com alguém que fica 'botando boneco', diz:

Homi largue de fulerage!

Nordestino não fica com vergonha, ele fica todo errado!

Nordestino não houve barulho, ele ouve zuada!

Nordestino não xinga,ele esculhamba!

Nordestino não acompanha casal de namorados, ele segura vela!

Nordestino não rega as plantas, ele 'agôa' as plantas.

Nordestino não quebra algo, ele tora!

Nordestino não é esperto, ele é desenrolado!

Nordestino não é rico, ele é um cabra estibado!

Nordestino não é homem, ele é macho!

Nordestino não chama 'seu desalmado', ele grita 'infeliz das costa ôca!'

Nordestino não pede almoço, ele pede o di cumê

Nordestino não come carne, ele come 'mistura'

Nordestino não fica satisfeito quando come, ele enche o bucho!

Nordestino não dá bronca, dá esbregue!

Nordestino não fica com raiva, ele fica murdido!

Nordestino não casa, ele se amanceba!

Nordestino não tem diarréia, tem caganeira!

Nordestino não tem mau cheiro nas axilas, ele tem suvaqueira!

Nordestino não tem perna fina, ele tem dois cambitos!

Nordestino não é mulherengo, ele é raparigueiro!

Nordestino não joga fora, ele avua no mato!

Nordestino não exagera, ele conta gomerage!

Nordestino não vigia as coisas, ele pastora!

Nordestino não se dá mal, ele se lasca todo!

Nordestino quando se espanta não diz: - Xiiii! Ele diz: Viiixi Maria! Aff maria!

Nordestino não vê coisas de outro mundo, ele vê uns malassombros!

Nordestino não é chato, é cabuloso!

Nordestino não é cheio de frescura, é chei de pantin!

Nordestino não pula, dá pinote!

Nordestino não arranja briga, arranja intriga!

Nordestina não fica grávida, fica buxuda!

Nordestino não fica bravo, fica cá gota serena!

Nordestino não é malandro, é cabra de pêia!

Nordestino não fica apaixonado, ele arrêia os quatro pneus!

--------------------------------------------------------------


17,2% dos brasileiros fumam;

52,1% deles pensam em parar


Cerca de 24,6 milhões de brasileiros de 15 anos ou mais de idade fumavam derivados de tabaco em 2008, o que correspondia a 17,2% da população nessa faixa etária. Os percentuais de fumantes eram maiores entre os homens (21,6%), entre as pessoas de 45 a 64 anos de idade (22,7%), entre os moradores da região Sul do país (19,0%), os que viviam na área rural (20,4%), os menos escolarizados (25,0% entre os sem instrução ou com menos de um ano de estudo) e os de menor rendimento domiciliar per capita (19,9% entre os sem rendimento ou com menos de ¼ de salário mínimo). A maior parte deles começou a fumar com 17 a 19 anos de idade, e, dentre os que fumavam diariamente, o mais comum era consumir por dia de 15 a 24 cigarros, sendo o primeiro fumado entre 6 e 30 minutos após acordar. Um fator que impactava na idade de começar a fumar era a escolaridade.

Por outro lado, a quase totalidade dos fumantes (93,0%) afirmava saber que o cigarro pode causar doenças graves, e um pouco mais da metade deles (52,1%) disse que pensava ou planejava parar de fumar, sendo que 65,0% dos fumantes informaram que as advertências nos rótulos dos cigarros fizeram pensar em parar de fumar.

Esses são alguns destaques da Pesquisa Especial de Tabagismo (Petab), que traça um panorama inédito e detalhado do uso de produtos derivados de tabaco no Brasil, entre as pessoas de 15 anos ou mais de idade, com informações para o país, as grandes regiões e as unidades da federação. A Petab foi realizada pelo IBGE em parceria com o Ministério da Saúde, com a atuação técnica do Instituto Nacional de Câncer (Inca), e aplicada a uma subamostra (cerca de 51 mil domicílios) da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) de 2008. A pesquisa seguiu o modelo da GATS (Global Adult Tobacco Survey), que está sendo realizada também em outros 13 países , pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC). O projeto internacional envolve também a Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health (EUA) e tem financiamento da Bloomberg Philantropies.