Publicidade


Etapa regional do Torneio de Robótica FLL classifica equipes para a disputa nacional

A equipe Os Destemidos, do SESI da Paraíba, foi a grande vencedora da última etapa regional do Torneio de Robótica FIRST LEGO League, realizada nos dias 13 e 14 de fevereiro, em Manaus. Além de competidores do estado nordestino, havia estudantes do Amazonas, Rondônia e Pará. “Quando aceitamos o desafio estávamos em período de provas, no final do ano, mas nem por isso desistimos, fizemos o sacrifício de estudar nas férias, com a ajuda da escola, pois precisávamos do espaço e das facilidades que ela poderia nos oferecer. No início tivemos dificuldade no aprendizado, mas como trabalhamos em equipe, tudo ficou mais fácil”, disse o aluno Francisco Sales, 15 anos, um dos “destemidos”.
A equipe paraibana também recebeu troféu pela criação de um jogo virtual direcionado a estudantes autistas da sua região, capaz de ensinar, de forma lúdica, temas de educação ambiental.
Os outros vencedores da competição foram a Spartacus Team, do SESI de Rondônia, Live Corp Sônia Maria, de uma escola pública de Manaus, World Lego, do SESI de Itacoatiara (AM) e Lego Monsters, do SESI de Manaus. As equipes vencedoras da etapa regional garantiram vagas para a etapa nacional, que será promovida em Brasília, entre os dias 13 e 15 de março.
EDUCAÇÃO - No total, 30 equipes formadas por cerca de 250 estudantes, com idades entre 9 e 16 anos, de escolas do SESI e de outras particulares e públicas, participaram da etapa regional do Torneio de Robótica. A disputa é um programa internacional que tem o SESI como parceiro em nível nacional, cujo objetivo é despertar o interesse dos alunos em temas como ciência e tecnologia dentro do ambiente escolar. Os competidores têm que resolver problemas do mundo real: planejam, projetam, constroem e programam robôs com a tecnologia LEGO Mindistorms.
“Todos vocês podem se considerar vencedores, pois dedicaram grande parte do seu tempo aos estudos e pesquisas, com a parceria dos colegas, dos pais e, principalmente, dos grandes mestres que são seus professores”, afirmou a diretora técnica do SESI Amazonas, Rosana Vasconcelos, ao anunciar o resultado do torneio. Ela também agradeceu a oportunidade de sediar um evento de tamanha importância para a educação do país.
Nos dois dias de competição, as equipes foram avaliadas em três provas: Design de robô, em que apresentaram o desenho mecânico, a estratégia adotada e a programação desenvolvida; Projeto de pesquisa: um problema do mundo real é pesquisado, conforme o tema do desafio, e, em seguida, soluções inovadoras são criadas, experimentadas e compartilhadas com os outros; Core Values: em que os alunos aprendem que competição amigável e ganho mútuo não são objetivos distintos e que ajudar um ao outro é fundamental para o trabalho em equipe, sendo a única categoria eliminatória; e, por último, desafio do Robô: com três partidas de dois minutos e 30 segundos para executar missões na mesa de competição com robôs autônomos.
O TORNEIO - O Torneio de Robótica FLL é voltado para crianças de 9 a 16 anos, com o objetivo de fortalecer a capacidade de inovação, criatividade e raciocínio lógico, inspirando o aluno a seguir carreira no ramo da engenharia, matemática e tecnologia. O SESI é o organizador oficial da competição no Brasil até 2019. O torneio é realizado em parceria com o Grupo dinamarquês LEGO e a organização americana For Inspiration and Recognition of Science and Technology (FIRST).
A melhor equipe do Torneio Nacional de Robótica, que vai reunir os vencedores dos torneios regionais em Brasília, no próximo mês, garante vaga no World Festival, na cidade de Saint Louis, no estado do Missouri, nos Estados Unidos, em abril. O World Festival reúne os campeões de vários torneios de robótica pelo mundo.