Publicidade


Novo presidente do SESI propõe atuação conjunta da indústria e governo

Ao assumir a presidência do Conselho Nacional do SESI segunda-feira (2), Gilberto Carvalho ​afirmou que o Sistema S pode ser um grande parceiro do governo em ações que ​contribuam para a melhoria das áreas de educação e saúde em todo o país e que concentrará esforços para que o governo e indústria trabalhem juntos nesta missão.
​​Jair Meneguelli​,​ que esteve à frente da instituição por 12 anos​,​ transmitiu o cargo ao ex-ministro chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, ​em cerimônia realizada em Brasília (DF)​.
Na solenidade, Carvalho destacou que o Sistema Indústria é referência ​em ​educação, ciência e tecnologia, e tem papel significativo no desenvolvimento do país. “É muito importante que o sistema educacional do SESI, que ​integra mais de 500 escolas, avance ainda mais e possa ser referência nacional de ​um ​novo padrão de gestão, com a parceria das federações ​da indústria​”, acrescentou. “​Nos últimos anos, tivemos grandes avanços no ensino técnico e universitário, mas ainda é preciso fazer significativas melhorias no ensino fundamental e o SESI pode ser um ponto de referência”.
PRONATEC - O novo presidente citou também a criação do Pronatec, em 2008, e ressaltou a importância do SENAI para o sucesso do programa. “Hoje o Sistema S tem papel fundamental no Pronatec. A maturidade daqueles que dirigiram, na época, esta casa, foi fundamental para a compreensão e o acordo que nos permitiu um avanço tão extraordinário na educação técnica”, afirmou.
Carvalho também citou a saúde como priori​dade em sua gestão. “​O Sistema SESI já atua com programas voltados para a saúde do trabalhador como a educação alimentar, a prevenção ​de doenças crônicas e outras ações visando também a ​redução do absenteísmo e, certamente, podemos fazer ainda mais”, disse.
A solenidade contou com a presença do diretor de Operações do Departamento Nacional do SESI, Marcos Tadeu de Siqueira, que representou o presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade. Também estiveram presentes o secretário nacional de Articulação Social, Paulo Maldos; o secretário Executivo da Comissão Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica, Selvino Heck, dentre outros.