Publicidade


SENAI/Centro Aluizio Alves realiza treinamento prático do Sistema de Gestão de Tecnologias

A Unidade de Desenvolvimento de Negócios (UNIDEN-SENAI/RN) em parceria com o SENAI Santa Catarina realizou nesta terça-feira (6), no SENAI/Centro de Educação e Tecnologias Aluízio Alves, a segunda etapa do Treinamento para Usuários do Sistema de Gestão de Tecnologia (SGT), que será o meio oficial de apropriação da produção de serviços de inovação e tecnologia das unidades operacionais do SENAI.
A abertura do evento foi feita pelo Diretor de Operações do SENAI/RN, Emerson da Cunha Batista. Ele deu boas vindas a todos em nome do Presidente do Sistema FIERN, Amaro Sales, e falou sobre a importância do material humano na operação do SGT. “Até hoje não foi criado um sistema que não precise ser alimentado pelo homem, diante disso, coloco aqui a importância do trabalho de todos vocês que estão sendo treinados. O sucesso desse sistema depende das informações que vocês colocarão nele, é de nossa responsabilidade esse trabalho”, destacou.
O treinamento está sendo ministrado pela consultora do Instituto SENAI de Tecnologias, Marcela Purificação, que atua na área de Tecnologia da Informação, Comunicação e Informação do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Estado de Santa Catarina. “A partir de 1º de janeiro o SGT será começa como Sistema Oficial no SENAI”, informou.
Para o Assessor Técnico do SENAI/RN, Benilton Nunes, o SGT será um diferencial para o departamento regional. “Começamos agora a parte prática, a treinar os gestores direto no novo sistema. Depois daqui ele passarão a trabalhar com os dois sistemas, o antigo e o novo, para a partir de janeiro passar a utilizar apenas o SGT, que vai nos fornecer melhores indicadores de trabalho”, explicou.
Já Lorena Sena, Analista do SENAI/RN, que coordena o processo, destacou que o sistema é uma nova ferramenta de gestão. “Agora todas as unidades de SENAI irão poder revisar, prospectar e planejar melhor os seus negócios com foco na defesa de interesse de cada área de atuação”, concluiu.