Publicidade


CIRCULANDO EM OFF – 18.12.15



EMPRESÁRIOS SE MOBILIZAM
O grupo de empresários que intensifica ação para tentar lançar uma chapa majoritária para disputar a Prefeitura de Mossoró procura ampliar seus quadros. Na quarta-feira, houve uma reunião no Hotel Thermas, ocasião em que foi dado seguimento a uma série de conversas, discussão de idéias e outras providências.
Se vai adiante, se haverá combinação com o povo e disposição de entrar com garra na luta ninguém sabe, mas o certo é que, de repente, tem gente pegando pressão.
Nesse encontro esteve presente os empresários Marcelo Rosado, Cesário(2001), Médico Cure de Medeiros, Nilson Brasil, Damásio Medeiros, Stênio Max, Vagner Soares, Gabriel Barcelos, Rutênio, Valtinho, Jorge do Rosário, Luciano(jodiesel), Lins(Atacadista), Michelson Fropta, Pablo(Nonato Atacadista), Yogo(Honda), Claubinho(Strada Veículo), Sérgio Freire, Juarez Vale, Júnior Porcino, Júnior da Gente(Rede 10), Euzim Alves, Weber Siqueira, Tião da Prest, Gerson Nóbrega, Ariosmar, entre outros.
No contexto, representantes dos variados segmentos e entidades.
Apesar da ventilação de alguns nomes, nada ainda está evoluindo nesse sentido. Nem meso a questão do contexto partidário.
FÓRUM
De qualquer modo, esses movimentos são válidos, assim como foram alguns fóruns de discussão sobre os problemas de Mossoró nesses períodos prévios de eleição. É aguardar.   
ZAP ZAP
A piada do dia ontem: “O whatsapp é tãop brasileiro que não cumpriu nem a metade da pena”.
FUNDO PREVIDENCIÁRIO
O Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN) confirma a determinação para que o Governo do Estado devolva até o dia 31 de dezembro de 2016 os recursos sacados do fundo da previdência dos servidores estaduais a partir de maio de 2015. A Corte decidiu que os saques realizados a partir desta data foram ilegais. A decisão foi ontem.
NOVOS SAQUES
Além disso, o TCE proibiu a realização de novos saques nos recursos resguardados para a previdência estadual, com exceção das contribuições realizadas após a entrada em vigor da Lei Complementar 526/2014, que unificou os fundos financeiros e previdenciário, editada em dezembro de 2014.
EM TEMPO
Se os saques foram feitos porque não havia recursos para manutenção dos serviços básicos e o atendimento dos compromissos urgentes, onde diabos o Estado vai conseguir dinheiro até o final do ano? É osso.
A QUEM INTERESSAR POSSA
“Trabalho, diz o provérbio, é o pai da fama.”
EM ALTA
O publicitário Jean Noronha, diretor da agência Mais Publicidade, em Mossoró, recebeu prêmio na categoria Inovação, no evento Prêmio Colunista 2015, da Associação Brasileira dos Colunistas de Marketing e Propaganda - Abracomp, cuja a finalidade é destacar os mais notáveis trabalhos de Comunicação de Marketing realizados por empresas e profissionais atuantes no Brasil. O evento foi em Recife no último dia 15.
PRÊMIO COLUNISTAS
O Prêmio Colunistas, é a mais antiga e tradicional premiação de comunicação de marketing do Brasil, sendo o maior da publicidade brasileira, que premia os melhores trabalhos em todas as mídias. Jean destacou que o prêmio recebido, um dos mais importantes da propaganda brasileira, é mais um fruto da busca constante pela qualidade que a Mais Publicidade vem fazendo. Avante!
PRB NA PAUTA
O empresário mossoroense Fernandinho Medeiros assumiu o comando estadual do Partido Republicano Brasileiro(PRB). No inicio do ano ele irá a Brasília para oficializar a missão que lhe foi delegada no Rio Grande do Norte. Fernandinho, que por sinal é muito bem articulado, já trabalha para o partido chegar forte nas eleições do ano que vem. Avante! 
TV METROPOLITANO
Estão acelerados os trabalhos de engenharia para instalação dos transmissores da TV Metropolitano, que em breve entrará em Mossoró como TV aberta. Muito trabalho e entuisiasmo.
IMPEACHMENT
Sereno e apoiado em base legal, o Supremo Tribunal Federal (STF), na sessão de julgamento sobre a validade das normas que regulamentam o processo de impeachment deflagrado pelo presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), contra a presidente Dilma Rousseff, definiu que o Senado tem autonomia para decidir sobre o processo, que a votação para eleição da comissão especial do impeachment na Câmara deveria ter sido aberta, se posicionou contra as chapas avulsas para formação da comissão e que a presidenta Dilma Rousseff não tem o direito de apresentar defesa prévia antes da decisão individual do presidente da Câmara. O acolhimento do processo de impeachment na votação do Senado será por maioria simples. As informações são da Agência Brasil.
CHAPA AVULSA
A maioria dos ministros seguiu o voto divergente do ministro Luis Roberto Barroso, que, diferentemente do relator, Edson Fachin, considerou inaceitável a eleição de chapa avulsa, formada por deputados oposicionistas, e eleita por voto secreto. Para Barroso, a candidatura é constitucionalmente inaceitável.



RELAX – “Sinto o canto da noite/Na boca do vento/Fazer a dança das flores/No meu pensamento...”  IYVONE LARA