Publicidade


Rio Grande do Norte ganhará nesta sexta-feira, 28, Instituto SENAI de Tecnologia

O Sistema FIERN inaugura nesta sexta-feira (28), em Mossoró, o Instituto SENAI de Tecnologia (IST), especializado em petróleo e gás. Trata-se de uma moderna instalação capaz de desenvolver soluções em tecnologia e inovação para apoiar o crescimento e o desenvolvimento da cadeia produtiva de petróleo e gás no Rio Grande do Norte. Com área total de 941 metros quadrados, conta com seis laboratórios de ponta, e foi projetado para atender regiões próximas de acordo com a demanda.

De acordo com a Diretora Regional do SENAI no Rio Grande do Norte, Roseanne Azevedo, o Instituto faz parte de uma rede de inovação no Brasil. O projeto foi executado com investimentos de R$ 9,3 milhões, sendo 7,2 milhões de recursos alavancados junto ao BNDES, através do Programa do SENAI Nacional de Apoio à Competitividade à Indústria Brasileira, e 2,1 milhões do Departamento Regional do SENAI/RN.

“O IST vai ajudar as empresas a serem mais competitivas, com o desenvolvimento de produtos e processos, vai levar a inovação para dentro da indústria, agregar valor em produtos para a cadeia de petróleo e gás, vai permitir à indústria dar saltos tecnológicos”, explicou Roseanne.

A Diretora acrescentou que o Instituto está preparado para executar com excelência diversos serviços técnicos para grandes, médias, pequenas e microempresas, nas mais variadas atividades industriais. “O IST Petróleo e Gás possui equipe especializada, infraestrutura laboratorial de última geração e incentivo ao desenvolvimento de projetos”.

Entre os serviços oferecidos pelo IST estão consultorias em processos de soldagem, processos de usinagem, manutenção industrial, análise e melhoria de layout de processos produtivos, programa de produção mais limpa, otimização de processos produtivos, uso eficiente de matrizes energéticas, plano de gerenciamento de resíduos, estudo de impacto ambiental (EIA), relatório de impacto ambiental (RIMA), consultoria para a adequação às normas regulamentadoras e processos automatizados.

Serão disponibilizados também serviços técnicos de inspeção em solda nível II, inspeção de ensaios não destrutivos, inspeção de equipamentos, inspeção em painéis e quadros elétricos e inspeção de subestação.

Além dos serviços operacionais como alinhamento e balanceamento de eixos, análise de vibração em máquinas, serviços especiais em eletricidade, instalação de inversores de frequência e soft starter, serviços especiais em automação, serviços especiais de soldagem, serviços especiais de caldeiraria e estrutura metálica, serviços especiais em metalurgia, serviços especiais de usinagem e ensaios destrutivos.

Roseanne Azevedo enfatiza que o IST vai trabalhar com pesquisa e desenvolvimento de equipamentos e dispositivos para petróleo e gás, desenvolvimento de projetos CAD/CAM para fabricação de protótipos de máquinas, equipamentos e dispositivos, engenharia reversa/digitalização 3D, prototipagem rápida de alta precisão (material plástico ABS/impressora 3D, projetos elétricos (em baixa tensão e subestação de até 225kva), desenvolvimento de sistemas de supervisório (PC ou IHM), programação de adequações em controladores e lógicas programáveis (CLP).

As áreas de atuação Instituto são as de elétrica e automação industrial, segurança no trabalho, soldagem, metalurgia e mecânica. O IST se localiza na Rua Jeremias da Rocha, Abolição I, Mossoró/RN. Após a inauguração, para mais informações os interessados poderão acessar a página rn.senai.br/istpetroleoegas, ou pelos telefones (84) 3316-3053 / 3316-2706 / 3316-4541.