Publicidade


Educação Profissional é prioridade para diretores do SENAI e pauta de debate durante Olimpíada

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e o Serviço Social da Indústria (SESI) têm sido instituições marcantes em ações e debates sobre como a educação profissional transformando a vida das pessoas. Durante a Olimpíada do Conhecimento, em Brasília, o Diretor de Operações, Emerson Cunha Batista, enfatizou a importância dessas iniciativas no Brasil, e falou sobre a importância da Olimpíada como vitrine para a educação profissional.

Emerson citou o exemplo do empresário paranaense Sérgio Fagundes, que falou às 6 mil pessoas que lotaram o Ginásio Nilson Nelson, em Brasília, durante a abertura do evento. “Segundo ele, todos os sonhos são possíveis para quem estuda e tem uma profissão. Dono da Insight Energy, especializada em reparação e fabricação de componentes para geradores de energia elétrica em Londrina, no Paraná, Fagundes foi catador de lixo na infância para ajudar na manutenção da família”, frisou Emerson.

Ele continuou contando a história do empresário que aos 14 anos, entrou num curso de educação profissional de eletricidade no SENAI em Londrina e mudou de vida. “Fagundes formou-se em Engenharia Elétrica e, hoje, sua empresa fatura cerca de R$ 6 milhões ao ano”, destacou Emerson.

Ele lembrou ainda que o ensino profissional não elimina a chance de fazer uma universidade. “Pelo contrário, traça o caminho, dar um norte, ajuda o estudante a descobrir que caminho profissional ele pretende seguir. E essas decisões vão afetar positivamente suas vidas como um todo, em todas as áreas, não só na profissional”, disse.



Para o Diretor-geral do SENAI e Diretor-superintendente do SESI nacionais, Rafael Lucchesi, todos os esforços pela educação profissional são válidos. “Os alunos de cursos técnicos que estão competindo na Olimpíada do Conhecimento são uma inspiração para o Brasil”, afirmou.

Lucchese estará presente no evento que acontece nesta sexta-feira (11), quando o SENAI reúne empresários, governo e especialistas para discutir modelo de educação profissional. Serão cerca de 200 pessoas, entre especialistas estrangeiros, industriais e formadores de políticas públicas do Ministério da Educação e do Congresso Nacional para discutir o melhor modelo de educação profissional para estimular o desenvolvimento econômico e social do Brasil.

O evento Diálogos: Os Caminhos para a Educação do Futuro será realizado também no Ginásio Nilson Nelson, em Brasília, durante a Olimpíada do Conhecimento 2016. Serão discutidos temas como: A Educação Profissional como Estratégia para o Aumento da Produtividade e o Crescimento do País; O Futuro do Trabalho: o Desenvolvimento de Competências para a Indústria 4.0; A Aprendizagem Profissional no Mundo e os Desafios Enfrentados no Brasil.

O resultado do encontro servirá de insumo para a revisão do Mapa Estratégico da Indústria, documento com as prioridades da indústria para o atual governo e para as eleições presidenciais em 2018.