Publicidade


Izabel joga duro após manobra de Francisco José Júnior, o denominando de golpista






O ex-prefeito Francisco José Junior (PSD), mesmo após deixar a Prefeitura, ainda tentou se manter no jogo político se candidatando a presidente da Federação das Câmaras Municipais do Rio Grande do Norte (FECAM/RN). Em outubro, ele articulou uma mudança no regimento da entidade, para que fosse permitido que ex-vereadores pudessem entrar na disputa pelo comando da entidade representativa dos vereadores no Estado. Mas não logrou êxito.

Ao contrário, acabou provocando mal estar entre seus pares ao tentar, entre outras peripécias, barrar o acesso da vereadora e atual presidente da Câmara Municipal de Mossoró, Izabel Montenegro(PMDB), à entidade. Izabel classificou os movimentos de bastidores de Silveira, protagonizados desde o início da semana, como “palhaçada”.
Como não conseguiu levar adiante as articulações, Silveira retirou a candidatura e prevaleceu assim o consenso, em torno do vereador de Natal Ranieri Barbosa (PDT). Já a presidente da Câmara Municipal de Mossoró, Izabel Montenegro (PMDB) , que entrou na chapa de consenso como segunda vice-presidente da Fecam, também reagiu a tentativa de Francisco José Júnior de reverter o jogo, ao afirmar ter sido agredido por Izabel.

Agora, a presidente da Câmara Municipal de Mossoró faz contestações e garante que vai processar o ex-prefeito. Nas redes sociais, Izabel explica o episódio em tom de desabafo:
“Ontem cheguei na FECAM, por volta das 15hs e encontrei o portão fechado, com cadeado, estranhei e chamei com voz alta uma pessoa para abrir. Qual não foi meu espanto quando entrei e vi o Ex-Prefeito Francisco José da Silveira Júnior sentando em um bureau, sala fechada, com a relação de Presidentes e Ex- Presidentes da FECAM tentando consolidar o golpe planejado, por ele, a partir de outubro, quando mudou o Estatuto da entidade para permitir que Ex-Presidentes e Ex-diretores pudessem disputar o cargo nas eleições ocorrida hoje. Pedi o estatuto modificado, em nenhum momento chamei palavrões ou agredi fisicamente, somente falei alto por não aceitar esse tipo de esperteza. Hoje o Ex- Prefeito Francisco José Júnior publicou em um blog, do mesmo, que eu tinha agredido uma ASG e um Diretor da FECAM, esquece ele que eu tenho testemunhas que acompanharam todos os meus passos na FECAM. Quem foi agredida fisicamente, hoje, fui eu, pelo Diretor Emídio, que empurrou uma porta para que eu não adentrasse na sala que o Ex-Prefeito estava. Desesperado com sucessivos derrotas impostas a ele, fica inventando mentiras. Perdeu o Projeto do terreno da FACENE, perdeu o Projeto da Agência Reguladora, Perdeu a Presidência da Câmara em Mossoró e Não logrou êxito no golpe que tentou aplicar nos presidentes da Câmara. Entre nos dois o povo de Mossoró, com certeza, acreditara em mim!! Vou pedir direito de resposta e entrar na justiça pedindo danos morais!”.

Gilberto de Sousa

– da Redação