Publicidade


Clorisa apresenta no MEC projeto referente à Psicomotricidade Relacional


Cumprindo agenda em Brasília, a vereadora Clorisa Linhares (PSDC) apresentou na tarde desta terça-feira, 26, no Ministério da Educação (MEC), o Projeto de Lei que insere atividades da técnica de Psicomotricidade Relacional nas áreas de educação, saúde e assistência social. A audiência foi articulada pelo deputado federal Beto Rosado (PP), que acompanhou o encontro.

No MEC, Clorisa e Beto foram recebidos pela diretora e pela representante da Diretoria de Políticas de Educação Especial da Secretaria Nacional de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão, Patrícia Raposo e Vanessa Carvalho; pela representante da Diretoria de Políticas para a Juventude, Regina Malheiros; e ainda pelas coordenadoras-gerais de Educação Infantil e Fundamental da Diretoria de Currículos e Educação Integral da Secretaria Nacional de Educação Básica, Carolina Velho e Aricélia Ribeiro do Nascimento.

“Quanto maior for o número de pessoas alcançadas pela Psicomotricidade Relacional, mais resultados concretos serão constatados em áreas como saúde e educação. A audiência foi uma oportunidade das representantes do MEC conhecerem em detalhes o nosso projeto, já aprovado em Grossos e Tibau e levado a mais de 10 municípios potiguares. Discutimos também alternativas para dar visibilidade nacional a essa técnica que tem mudado a vida de inúmeras pessoas. Alguns direcionamentos nos foram apresentados, o que reforça a importância dessa luta, não só em nosso município, em nosso estado, mas agora em todo o Brasil”, destacou Clorisa Linhares.

Na manhã desta quarta, 27, antes da audiência com o presidente da República, Michel Temer, onde será discutida a problemática da indústria salineira, Clorisa também apresentará o projeto, acompanhada do deputado Beto Rosado, no Ministério da Saúde.

PSDC

Ainda nesta terça, 26, Clorisa se reuniu com a presidente do PSDC em Brasília e na Região Centro Oeste, Silvana Siqueira, e com o presidente nacional da Juventude do PSDC, Sérgio Ferreira.

Assessoria
Foto: Vanessa D'Oliviêr