Publicidade


TJRN se compromete em atender maioria de itens pleiteados pela OAB Mossoró


O resultado da reunião realizada ontem pelo desembargador e presidente do TJRN Expedito Ferreira de Souza e pelo desembargador João Rebouças na sede da OAB em Mossoró, para o projeto Ouvidoria Itinerante foi considerado satisfatório. 

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Subseção de Mossoró, através de seus membros, elaboraram quinze pontos de solicitações que foram discutidas e já respondidas na ocasião pelos desembargadores. 

Entre os pontos solicitados e que já estão em andamento, segundo o TJRN podem ser citados a expedição de alvarás eletrônicos em até 30 dias, o que dará ampla agilidade para o recebimento dos honorários advocatícios. Além disso, também já estão sendo agilizados o aprimoramento do PJ-e, a instalação de aparelhos de ar-condicionado nas áreas comuns e corredores do Fórum e o empenho em regularizar os procedimentos de horários de atendimento, cobrando que os horários já estabelecidos em portarias, sejam cumpridos nos Fóruns, incluindo-se também atendimentos por telefone que eventualmente são negados, entre outras medidas de ajustes, visando melhorar a atuação tanto da Justiça Estadual quanto a resolução de problemas encontrados diariamente pelos advogados e advogadas no exercício da profissão. 

“A ouvidoria do TJRN através dos desembargadores veio disposta a dialogar com os advogados e por isso consideramos que atendeu às nossas expectativas. Percebemos que muitos dos pontos levantados já estão em andamento e em breve, serão cumpridos e outros, teve do TJRN a afirmativa para se resolver”, reforça a advogada e secretária-geral da OAB Subseção de Mossoró, Bárbara Paloma. 

Os quinze pontos solicitados ao TJRN foram formalizados em documento assinado pelos membros da diretoria da OAB Subseção de Mossoró. Para mais detalhes acesse www.oabmossoro.org.br.