Publicidade


Centro de Apoio ao Deficiente Visual de Mossoró completa 30 anos


Foram celebrados na tarde desta quinta-feira (14) os 30 anos do Centro de Apoio ao Deficiente Visual (CADV) de Mossoró. O CADV realiza, através de professores capacitados, diversas atividades com os deficientes visuais, como por exemplo o processo de alfabetização, acessibilidade, informática, entre outros. A secretária de Educação, Magali Delfino, esteve presente e destacou a importância do centro para Mossoró.

“Atendemos pessoas cegas e com baixa visão não só da rede municipal, mas da rede estadual e particular, e também como de alguns municípios do interior. Nós temos que comemorar, principalmente esse ano, que como a diretora Eliane Maria disse, nunca tinha sentido tanto apoio do município. Qualquer família que esteja com seu filho matriculado em qualquer rede municipal ou da universidade, pode procurar o centro para ser atendido”, disse Magali.

Edson Freitas, professor do Centro, explicou que as atividades no Centro são intensas. “Temos uma gama de serviços para os alunos, que são atendidos desde a educação infantil até universitários. Tem alunos que se preparam para Enem e concursos aqui e também os que precisam de apoio para leitura”, ressaltou.

Francisco de Assis, que realiza atividades no CADV, parabenizou o centro pelas atividades. “Fico aqui todos os dias e faço leituras com os professores quando necessito. As pessoas com deficiência que necessitam e querem estudar precisam passar por um desses centros. As dificuldades são superadas e debatidas. O reforço pedagógico aqui é muito bom”.

As atividades no CADV são realizadas diariamente. A Associação de Deficientes Visuais de Mossoró também esteve presente na solenidade.

Secom - PMM