Publicidade


Fátima, em audiência na CMN: ‘saída para crise não é pela via de punir servidores’


Em Audiência Pública que discutiu as condições de trabalho dos profissionais de segurança pública do RN, nesta terça-feira (9), na Câmara Municipal de Natal, a senadora Fátima Bezerra defendeu que o Governo do RN preserve os servidores, e não os penalize, como propõe o pacote de medidas que visa sanar as finanças do estado.

Ela entende que o Governo precisa convocar os Poderes e a sociedade para um debate franco e transparente e pôr em mesa medidas de combate à sonegação, de revisão das isenções fiscais, além de rever critérios de repasses, teto constitucional, entre outras.

“Ao invés se jogar a culpa no colo dos servidores, com medidas de demissão, aumento da contribuição previdenciária, venda do patrimônio e congelamento dos gastos, o Governo deveria enfrentar o problema olhando para a sociedade e não punindo-a”, defendeu a senadora.

Ela externou solidariedade aos policiais do estado e disse que continua à disposição para contribuir nos desafios que imperam neste momento no estado. Para Fátima, o governo de Michel Temer foi irresponsável ao deixar de repassar os R$ 600 mi ao RN via Medida Provisória.

“Ainda está em tempo de o Governo Federal acudir o Rio Grande do Norte e estender as mãos ao nosso estado, como fez com o Rio de Janeiro, o Rio Grande do Sul, Minas Gerais. Nossa população e nossos servidores merecem respeito”, asdinalou a senadora.

Fátima parabenizou a Mesa Diretora da Câmara pela proposição e os servidores e seus representantes, que compareceram em peso à audiência.


Da Redação
Fotos: Cedidas