Publicidade


Secretaria de Planejamento encerra ciclo de discussões do Orçamento Cidadão


Na manhã desta terça-feira, 20, a Prefeitura Municipal de Mossoró, através da Secretaria Municipal de Planejamento, encerrou o ciclo de discussões para a construção da Lei Orçamentária Anual (LOA), exercício 2020. Além da presença de vários secretários municipais, o encontro contou com a presença da Prefeita Rosalba Ciarlini e da vice-prefeita, Nayara Gadelha.

Para a prefeita Rosalba Ciarlini, o Orçamento Cidadão é importante porque permite ao município discutir as prioridades da gestão de recursos.“Eu já trabalhava com o orçamento participativo desde as outras administrações. É uma ferramenta importante do planejamento do orçamento anual da cidade. Nós estamos ouvindo, através das lideranças de comunidades e bairros quais são as reivindicações e necessidades maiores , para que a gente possa adequar a receita que está prevista para o ano 2020. O planejamento do orçamento do município funciona como o planejamento do orçamento da nossa casa. Eu administro uma casa com 305 mil habitantes”.

Secretário de Planejamento, Aldo Fernandes, fala sobre o ciclo de discussões do Orçamento Cidadão.
O secretário municipal de planejamento , Aldo Fernandes, ressaltou que esse era um momento para prestar contas sobre os resultados auferidos durante o período de discussão orçamentária, com os lideres comunitários e representantes da população, que participaram de todo o processo. Ele enfatizou que um dos avanços da gestão Rosalba Ciarlini é trabalhar o orçamento dentro do que vem sendo efetivamente arrecadado, além de se manter dentro do limite prudencial. “Mossoró é um dos únicos municípios do estado que está em dia. E este é um compromisso da gestão Rosalba: o salário na conta do servidor na data e sem prejuízos”.

Além das reuniões do Orçamento Cidadão, realizadas no Palácio da Resistência com a participação da Chefe de Gabinete, Fernanda Kallyne , e do Secretário de Planejamento, Aldo Fernandes, que receberam os líderes comunitários e representantes de diferentes entidades, este ano, o Projeto Orçamento Cidadão, contou com o uso de uma nova ferramenta digital disponibilizada pelo município. Através do aplicativo Mossoró Conectada, a população teve a oportunidade de preencher um formulário de sugestões para o LOA 2020, indicando a área onde a Administração Municipal deveria concentrar maiores quantidades de recursos financeiros, as prioridades para seu bairro, e em relação aos investimentos que julgam mais importantes a serem realizados pelo município.

“Através do Mossoró Conectada conseguimos ouvir e entender o que a juventude está querendo. E entendendo essa necessidade, o município está criando espaços para abertura de novas vagas de emprego e gerar oportunidades”, frisa Aldo Fernandes.

A Chefe de Gabinete Fernanda Kallyne, explica que a decisão de realizar as reuniões do Orçamento Cidadão no Palácio da Resistência teve como objetivo aproximar a gestão das comunidades, e que o Município fecha esse ciclo de discussões para construção da Lei Orçamento Anual com tranqüilidade com contar com a participação do cidadão e entender suas necessidades.

O coordenador do Departamento de Assuntos Comunitários da Secretaria de Desenvolvimento Social e Juventude, Onézimo Morais, que também é líder comunitário, afirmou que é possível perceber a diferença na construção do orçamento em relação a outros momentos da cidade. Segundo Onézimo Morais, a administração atual demonstra que sabe a importância que as lideranças comunitárias tem em qualquer gestão.